MINHAS PROPOSTAS

EDUCAÇÃO

 

Não é nenhuma novidade dizer que a educação é algo importante. Não só por envolver a formação humanista de nossas crianças e jovens, como capacitá-los para o ingresso no mercado de trabalho. Precisamos urgente e permanentemente discutir a educação e de um maior envolvimento da comunidade e das famílias no universo educacional e escolar.  A educação deve ser um compromisso permanente daqueles que veem a sua importância  e se preocupam com o futuro da emancipação dos brasileiros e do desenvolvimento e soberania do Brasil.

CULTURA

   A cultura traz para a sociedade um conhecimento e uma riqueza sem igual. Por isso as políticas culturais são um dever dos poderes públicos para com seus cidadãos. Uma forma de emancipar as gerações presentes e futuras, com a herança do passado.  Cabe, portanto, criar, fomentar e apoiar as  políticas públicas voltadas à cultura, mediante um profundo diagnóstico da realidade cultural da cidade paramanter e incrementar nossos valores voltados às artes plásticas, aos museus, ao grafite, à música, à dança, ao teatro, à literatura e às bibliotecas, à arquitetura, à moda, ao design, ao artesanato, às feiras, aos festivais, à cultura popular, ao folclore, à gastronomia, à produção digital e à economia criativa e todas as demais manifestações formais e informais de cultura, do centro à periferia. 

 

ASSISTÊNCIA SOCIAL E INCLUSÃO

 

A cada dia aumenta a insegurança e a incerteza diante de um quadro nefasto nas áreas da assistência social e inclusão. A falta de uma gestão clara nas áreas de assistência social e inclusão com o adequado financiamento de politicas públicas de proteção aos mais carentes tem servido para aprofundar a desigualdade e aumentar os índices de pobreza e miséria. É preciso que tenhamos políticas públicas que não considerem a assistência social e a inclusão como meros gastos orçamentários. Trata-se de um importante investimento em capital humano, capaz de elevar as pessoas ao patamar que lhes é de justiça e direito,  produzindo índices de dignidade cidadã.

 

DIREITOS E CIDADANIA

 

A questão dos direitos e da cidadania só tem uma ideologia, a do respeito de todos os seres humanos, independente de qualquer outra consideração, para que possam ter a plenitude da suas experiencias de vida e da busca da felicidade com dignidade. Numa sociedade contemporânea, o multiculturalismo, a diversidade, a inclusão e modos de ser diferentes, devem não só ser tolerados como afirmados sob o manto da igualdade. É preciso que possamos amadurecer politicamente na cidade de Porto Alegre para podermos moldar nossas instituições  em uma era de mais tolerância, respeito às igualdades e, também, às diferenças. Precisamos desenvolver nossa capacidade de lutar por nossos direitos e direitos dos outros, criando mais instâncias de participação popular e cidadania perante os Poderes Públicos e a atividade política. 

Botão